segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

10 Raças de cachorros estragadas pelos humanos




Algumas raças de cachorros tiveram varias alterações em seus corpos, devido ao homem tentar fazer melhorias nas raças, porém alguns especialistas afirmam que essas mudanças foram para pior.
Um blog chamado Science of Dogs, se baseou no livro de 1915, “Breeds of All Nations”, e fez uma comparação entre as raças conhecidas da época e as mesmas hoje em dia. Segundo a publicação, as raças foram completamente arruinadas após sofrerem várias deformações, algumas são realmente bem claras e inegáveis.
Então, fizemos essa matéria com algumas imagens das mudanças sofridas pelas raças, e algumas são realmente surpreendentes. Algumas você poderá identificar visivelmente as mudanças, como o tamanho, cor do pelo e formato da cabeça e focinho. Então, confira agora as 10 raças de cachorros que tiveram grandes modificações nos últimos 100 anos:

1 – Bull Terrier

10 Raças de cachorros estragadas pelos humanos
O Bull Terrier parece ter tido alguns “ajustes”, onde sua cabeça e seu tronco eram mais magros. O livro Cães de Todas as Nações chamou essa mudança de “a personificação da agilidade, graça, elegância, determinação” e de “gladiador da raça canina”.

2 – São Bernardo

10 Raças de cachorros estragadas pelos humanos
O São Bernardo é uma raça que cresceu muito e ficou muito pesada. Os cachorros de hoje tem muita pele, que acabam provocando dificuldades para manter a temperatura corporal. A raça ficou mais propensa a desenvolver doenças como paralisia, hemofilia, câncer nos ossos e deficiência de fibrinogênio.

3 – Bulldog Inglês

10 Raças de cachorros estragadas pelos humanos
Alguns cães foram artificialmente moldado, como o Bulldog Inglês. Em 1915, o Bulldog já tinha algumas das características que vemos hoje, como a flacidez do pelo e a posição de agachamento. Hoje em dia, os criadores tem produzido o Bulldog para ter mais rugas faciais. O cão é descrito como pesado, ombros largos e pernas robustas. Infelizmente os Bulldogs sofreram uma série de saúde, tais como problemas respiratórios e altas temperaturas corporais.

4 – Boxer

10 Raças de cachorros estragadas pelos humanos
A principal mudança nessa raça foi o formato da cabeça e essa mudança resultou em um rosto menor e focinho empinado. Essa raça é mais uma que tem problemas em controlar a temperatura do corpo, além de ter propensão a desenvolver câncer.

5 – Basset

198gsrd2htoeagif
O Basset ficou mais baixo com o passar dos anos, pois sofreu alterações nas suas pernas de trás. Além disso, ele possuí mais pele, problemas de vértebra e orelhas enormes. Os olhos ficaram mais caídos, que é causa de um afastamento da margem palpebral.

6 – Dachshund

198gsrd2n0ms9gif
Essa raça tinha as pernas mais funcionais e o pescoço proporcional ao tamanho do corpo. Hoje, o pescoço e as costas ficaram mais esticados, o peito de projeta para frente e as pernas encolheram. Tudo isso resultou em grandes chances de desenvolver problrmas sérios nas vértebras que podem resultar em paralisia.

7 – Pastor Alemão

GS
O Pastor Alemão simbolizam lealdade e companheirismo, além de serem excelentes cães policiais. O livro registrou essa raça no ano de 1908. Em 1915, a raça foi descrita como um cão de porte médio, pesando 24 kg, costas retas e ombros fortes. Mas o Pastor Alemão de hoje tem entre 34 e 43 kg, e é descrito pelo livro como um animal forte, ágil, musculoso e alerta, porém são propensos a problemas de saúde, tais como displasia de anca e inchaço, uma condição na qual o estômago pode expandir-se com o ar, e pode ser fatal.

8 – Pug

article-2519314-19E60D8000000578-549_634x472
A raça Pug de hoje em dia teve algumas alterações que não foram tão boas assim, essa raça é propensa ao desenvolvimento de pressão arterial elevadas, dificuldades em manter a temperatura corporal, baixa oxigenação e problemas respiratórios.
article-2519314-19E60DA300000578-636_634x428

9 – Airedale Terrier

dog-7
Essa raça teve algumas alterações na cabeça e nas orelhas, bem como as pernas e coxas. O pelo do cão era duro e magro, mas não o suficiente para ser irregular. Hoje, a cor parece não ter mudado muito, mas sua pele parece mais “áspera” do que em 1915. Airedales são considerados os maiores de todos os terriers e são muito brincalhões.
airdale-terrior

10 – Pastor Shetland

dog-9
O Pastor de Shetland em 1915 pesava entre 3 a 4 kg, e seu pelo parecia ter um comprimento médio. Hoje em dia, esses cães são maiores, pesando mais ou menos 9 kg. Seu pelo parece ter crescido em relação a foto de 1915. O livro descreve a raça como pequena, alerta, de pelo comprido e duro, muito inteligentes e bons pastoreiros.
dog-10
Fonte: Ultra Curioso