quinta-feira, 16 de março de 2017

8 roubos mais caros de todos os tempos




É amigos, alguns bandidos parecem ser gênios, e usam toda a sua inteligência para planejar e executar assaltos milionários, com fortunas inacreditáveis. Vocês se lembram de quando houve um roubo ao Banco Central do Brasil em Fortaleza? Esse assalto foi considerado um dos mais geniais de todo o mundo, envolvendo uma engenharia incrível e uma astúcia magnífica.
Pensando nisso, nós criamos essa matéria e fomos atrás dos assaltos e roubos mais caros de todos os tempos, alguns que os bandidos acabaram se dando bem e levaram todo o dinheiro sem serem capturados, outros felizmente acabaram se dando mal e foram presos. Então, caros amigos, confiram agora a nossa matéria com os 8 roubos mais caros de toda a história:

1 – Assalto ao Banco Chelembra

8 roubos mais caros de todos os tempos
O assalto ao Chelembra Bank, em Kerala, na Índia, é considerado um dos maiores assaltos a banco da história indiana. Na madrugada do dia 30 de setembro de 2007, os ladrões fizeram um buraco no chão do banco e fugiram com oitenta quilos de ouro e cinco milhões de rúpias, com um valor total de oitenta milhões de rúpidas. Felizmente os culpados foram presos dois meses depois.

2 – Assalto ao Banco da Pennsylvania

8 roubos mais caros de todos os tempos
Conhecido como o primeiro assalto a um banco da América, o Bank of Pennsylvania foi assaltado no ano de 1798, e ocorreu na madrugada de primeiro de setembro de 1798. Foi roubados $ 162.821, e mesmo não parecendo muito, na época era uma verdadeira fortuna.

3 – O assalto ao Banco da Austrália

8 roubos mais caros de todos os tempos
Esse foi o primeiro assalto ao banco feito na Austrália. No dia 14 de setembro de 1828, cinco ladrões entraram no banco através do túnel do esgoto que dava diretamente ao cofre do banco, e roubaram £ 14.000 e notas e moedas. O roubo foi descoberto no dia seguinte, e todos os cinco bandidos foram presos.

4 – Stéphane Breitwieser, o ladrão de obras de arte

8 roubos mais caros de todos os tempos
Entre 1995 e 2001, Stéphane Breitwieser roubou 230 obras de arte de museus e exposições, cerca de trinta e oito objetos por ano. No tempo de seis anos, ele compilou uma impressionante coleção de arte com um valor estimado de US $ 1,4 bilhões. Em 7 de janeiro de 2005, ele foi condenado a apenas três anos de prisão por um tribunal em Estrasburgo, mas serviu apenas vinte e seis meses. Mais tarde, ele escreveu suas façanhas em Confissões de um Ladrão de Arte, publicado em francês em 2006.

5 – O assalto ao Banco Northern

8 roubos mais caros de todos os tempos
O assalto ao Banco de Northern ocorreu em 20 de dezembro de 2004, na sede Donegall Square West of Northern, em Belfast, Irlanda do Norte. Foi o maior ataque na história do Reino Unido na época, e estima-se que mais de 30 republicanos, incluindo o pessoal de nível superior do IRA, tenha planejado e executado o roubo. A quadrilha escapou levando  £ 26,5 milhões.

6 – Assalto ao Banco Central do Brasil

8 roubos mais caros de todos os tempos
Segundo a maioria dos especialistas, o roubo ao Banco Central do Brasil foi o local de uma das mais incríveis demonstrações de habilidades em engenharia. usando uma empresa de paisagismo como disfarce, um grupo de ladrões conseguiram cavar um túnel por baixo do banco. Os ladrões levaram cerca de R$ 164,7 milhões, mas a polícia conseguiu prender oito dos vinte e cinco pessoas suspeitas de estarem envolvidas.

7 – Assalto ao Banco Central do Iraque

8 roubos mais caros de todos os tempos
Apenas algumas horas antes da bombas americanas começarem a cair sobre a capital iraquiana, um dos filhos de Saddan Hussein, de acordo com as autoridades americanas e iraquianas, roubou US $ 1 bilhão em dinheiro do Banco Central do país, o que torna o maior assalto a banco da história. Claro que o assalto foi executado pelo filho de Saddam, mas quem ordenou foi ele.

8 – O assalto a um caminhão de correios

8 roubos mais caros de todos os tempos
Em 14 de agosto de 1962, dois homens pararam um caminhão da US Mail que estava em sem caminho, indo fazer uma entrega para o Banco da Reserva Federal de Boston. A entrega consistia em US $ 1,5 milhões em dinheiro. Armados com espingardas e com a ajuda de cúmplices que estava desviando o tráfego para longe da cena do roubo, os ladrões fugiram com todo o dinheiro.

Fonte: Fatos Desconhecidos