quarta-feira, 8 de março de 2017

A beleza única dos albinos




Esqueça os padrões de beleza e tudo o que você acha que já viu de belo em termos de seres humanos e suas formas de ser. Ser diferente ou apenas um diferencial em um mundo que dita a padronização e tudo muito engessado e igual é meio que um estado de choque para muitas pessoas. Qualquer característica física que diferencie um indivíduo de seu grupo de convívio vai gerar um certo preconceito porque se identifica como “uma pessoa normal”.
Um exemplo de pessoas que são bonitas de uma forma diferente são aquelas com a denominação de albinas. Elas são pessoas normais com peles muito brancas. O albinismo é um distúrbio genético que faz com que as pessoas sejam praticamente desprovidas de cor e isso é um acontecimento bem raro no mundo. E isso pode acontecer com seres humanos e animais. Esse distúrbio afeta todos os fios do corpo, pele e até mesmo os olhos, deixando tudo branco, devido à presença quase zero da enzima melanina, a responsável pela pigmentação da pele.
As pessoas que são albinas são extremamente brancas e são bem suscetíveis a queimaduras e até mesmo a câncer de pele. O albinismo também pode ser deflagrado em indivíduos com ascendência asiática ou mesmo africana e, às vezes, podem apresentar cabelos ruivos, loiros ou castanhos. Na listagem de fotos abaixo, vamos mostrar para você os diversos tipos de pessoas albinas que existem por aí e o quanto esse padrão considerado incomum de estética é tão belo, diferente e encantador. Confira :
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos

A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos
A beleza única dos albinos


Fonte: Fatos Desconhecidos