sábado, 24 de junho de 2017

As 8 pessoas mais tatuadas do mundo


A tatuagem é uma das formas de modificação do corpo mais conhecidas e cultuadas por várias pessoas em todo o mundo. Os desenhos permanentes são feitos através de pigmentos inseridos por agulhas na pele humana e, para muita gente, são vistos como uma arte visual.
É comum encontrarmos pessoas que têm o desejo de desenhar em seu corpo como forma de homenagear alguém ou lembrar algo que gosta, porém, nem sempre elas param por aí. Como é o caso dessas 8 pessoas mais tatuadas do mundo.
Algumas delas chegam a ter 100% do corpo tatuado e, por causa disso, entraram no Guinness Book, o livro dos recordes. Esses adeptos da tatuagem, que incluem brasileiros, não pouparam nem mesmo partes do corpo consideradas como as mais sensíveis, como as plantas dos pés.

1 – Lucky Diamond Rich


O neozelandês foi considerado pelo Guiness Book como a única pessoa a ter o corpo 100% tatuado. O engolidor de espadas e malabarista tem desenhos até mesmo nas orelhas, gengiva e nem mesmo a pele entre os dedos dos pé conseguiu passar em branco.
Ele sempre optou por pintar o corpo com tintas pretas, estima-se que já deve ter passado cerca de mil horas dentro de um estúdio. Atualmente, Luck está passando tinta branca sobre os desenho pretos. Segundo ele, seu objetivo é futuramente colorir as tatuagens.

2 – Tom Leppard


O escocês de 74 anos já foi considerado pelo Guinness Book como a pessoa mais tatuada do mundo. Ele tem 99,9% do corpo pintado, porém, perdeu o título para Lucky. No entanto, Tom ainda faz parte do livro dos recordes por ser o idoso mais tatuado do mundo.
Seu objetivo sempre foi se transformar em um “homem leopardo”, e por causa disso cobriu sua pele com desenhos que imitam a pele do animal. Para ficar mais parecido ainda, o ex-soldado pintou os espaços em brancos do corpo de amarelo.
Segundo Tom, cerca de R$ 15 mil já foram gastos para pintar o corpo. Atualmente, o idoso mora em uma casa quase isolada e sem eletricidade na Ilha de Skye, no arquipélago das Hébridas, na Escócia.

3 – Julia Gnuse


Julia chegou a ser considerada a mulher mais tatuada do mundo, de acordo com o Guinness Book, que na época, tinha 95% do corpo coberto de desenhos. Ela conta que começou a fazer as tatuagens para cobrir cicatrizes provocadas por uma doença rara, chamada Porfíria – que afeta o sistema nervoso, pele e outros órgãos, resultante de um acúmulo de substâncias que produzem porfirina, essencial para o funcionamento das hemoglobinas. Quando exposta à luz do sol, a Porfíria gera graves queimaduras

4 – Mulher vampiro


A mexicana Maria José Cristerna entrou para o Guinness Book como a mulher que mais sofreu transformações corporais das Américas. Ela é tatuadora e performista e chegou a implantar até mesmo chifres de titânio na cabeça, além de presas na boca.
Antes de começar com as tatuagens e transformações, Maria exercia a profissão de advogada. Ela é mãe de quatro filhos e tem 99% do corpo coberto por adornos e imagens.

5 – Isobel Varley


Isobel tem 77 anos e entrou para o Guinness Book como a idosa mais tatuada do mundo em 2009, quando tinha 93% do corpo tatuado. A britânica começou a se tatuar somente a partir dos 45 anos. Ela conta que o primeiro desenho foi um pequeno pássaro nas costas. Mas Isobel acabou gostando e chegou a raspar os cabelos, que antes eram loiros, com o objetivo de colorir o couro cabeludo. Além disso, a idosa aplicou vários piercings.

6 – Fernando Franco de Oliveira


O paulista de 37 anos entrou para o Guinness Book como o homem mais tatuado do Brasil. Ele tem 99% do corpo coberto de desenhos. Nem mesmo os olhos ou as plantas do pé escaparam. Fernando conta que na verdade possui 100% do corpo tatuado, porém, como a tatuagens feitas no solo do pé estão ‘descascando’, a empresa que faz a contagem no Brasil, RankBrasil, considerou como espaços em branco.
Ele ainda conta que o gosto por se pintar surgiu quando tinha 15 anos. Fernando estima que cerca de R$ 80 mil já foram gastos com tatuagens. O homem, que se aposentou da profissão de soldador, atualmente trabalha em um estúdio de tatuagem.

7 – Zombie Boy


Zombie ficou mundialmente conhecido após participar do videoclipe da música “Born this way”, da Lady Gaga, devido os desenhos que cobrem a sua pele, pois se assemelham a um corpo em decomposição. O canadense não chegou a entrar para o livro dos recordes, mas já conquistou milhares de fãs em todo o mundo.
Rick Genest é o nome verdadeiro do modelo, que chegou a fazer uma campanha publicitária de uma linha de maquiagens que “apagou” todas as tatuagens que o jovem tem no corpo.

8 – Marisa de Fátima dos Santos


A gaúcha de 53 anos chegou a ser considerada como a mulher mais tatuada do Brasil. Ela é conhecida como “Mulher Gibi”, mas o primeiro desenho no corpo foi tarde, aos 39 anos. O desenho foi inspirado em uma revista de pintura. Ela tem 80% do corpo tatuado e diz que sempre foi apaixonada por tatuagens, mas nunca imaginava ser recordista.
Você teria coragem de pintar 100% de seu corpo com tatuagem? Deixe a sua opinião sobre o assunto abaixo.
Fonte(s) ExtraExtraEmpresas de sucessosDMRank Brasil