segunda-feira, 14 de agosto de 2017

As 7 maiores sociedades secretas


Desde que o mundo é mundo, existem muitas organizações que se fazem presentes com intenções e objetivos que vão desde políticos até religiosos. As sociedades secretas possuem membros espalhados pelo mundo todo e não se tem nem noção de quantas podem existir pelos 4 cantos do planeta, mas sabemos que não são poucas.
O fato é que muitas delas são constantemente associadas a malucas teorias da conspiração. Pensando nisso, separamos algumas das maiores e mais conhecidas sociedades secretas de que se tem conhecimento e listamos abaixo para vocês. Confere aí!

1 – Rosa-cruz


Há indícios de que essa sociedade secreta tenha surgido mais ou menos no século 16, como ideia de um grupo de protestantes alemães, após a publicação de 3 documentos. O primeiro deles conta  a história de um alquimista que viajou pelo mundo colhendo conhecimentos secretos. O segundo, mencionava uma sociedade secreta composta por alquimistas que planejavam mudar a política da Europa. Não se tem informações do terceiro.
Os responsáveis pelo documento pareciam favorecer o luteranismo, e iam contra a Igreja Católica. Chamado de rosicrucianismo, tem influências da maçonaria e ainda hoje possuem grande número de adeptos.

2 – Ordem Hermética da Aurora Dourada


Criada pelos maçons e também membros do rosicrucianismo, dr. William Robert Woodman, William Wynn Westcott e Samuel Liddell MacGregor Mathers, a Aurora Dourada tem suas crenças baseadas no misticismo cristão, na maçonaria, alquimia, teosofia, cabala, magia entre outros. Os documentos fundamentais da ordem são escritos em 60 folhas que contêm rituais mágicos, que parecem ter sido baseados no rosicrucianismo.

3 – Os Cavaleiros Templários


Seu nome completo é: As Ordens Unidas Religiosas, Militares e Maçônicas do Templo e de São João de Jerusalém, Palestina, Rodes e Malta. Afirmam não ter ligação direta com os templários originais, apenas tomam para si certas ideologias e símbolos. Também são maçons. Para fazer parte do grupo, você já deve ser pelo menos, um “mestre cristão”.

4 – O Grupo Bilderberg


Este é um grupo que não tem uma associação oficial, mas é composto por pessoas de alta influência que se encontram sempre de forma secreta e com forte segurança militar. As pautas das reuniões nunca são divulgadas, mas acontece como se fosse uma conferência, em que você só pode entrar caso seja convidado. É um grupo que por diversas vezes, está envolvido em teorias de conspiração.

5 – Opus Dei


Fundada na Espanha, no ano de 1928, com aprovação do Papa Pio XII. Trata-se de uma organização da própria Igreja Católica que acredita que todas as pessoas podem ser santas e felizes, vivendo com Deus em seu dia a dia. Existem membros que vivem em centros especiais, mas, os associados são membros celibatos que vivem em suas próprias casas.
Após a publicação do famoso “O Código da Vinci”, o Opus Dei foi acusado de ser uma organização secreta que age dentro da Igreja Católica com a intenção de atrapalhar quem procura a verdade sobre o cristianismo e a linhagem de Cristo, porém, é uma versão que foi desmentida.

6 – Priorado de Sião


Também após a publicação do Código da Vinci, muito se especulou sobre o Priorado de Sião. A verdade é que esta organização não passa de uma farsa, que foi criada com a intenção de restaurar a monarquia francesa. Embora seja falso, teve grandes mestres como Leonardo da Vinci e Isaac Newton. Diziam que buscavam a santificação do Império Europeu que poderia inaugurar nova ordem mundial de prosperidade e paz.

7 – Os Iluminatis


Não poderíamos deixar de citar esta organização. Talvez uma das mais conhecidas em todo o mundo, fundada em maio de 1776, e inspirada em ideais do iluminismo e maçonaria, tinha como objetivo acabar com a forte influência que a Igreja tinha sobre a política da época. Acabou se tornando popular entre os ateus, por não exigirem crença em nenhum ser supremo.
O grupo acabou sendo derrubado, mas muitos acreditam que continuam atuando e gerenciando as decisões governamentais mundo afora, com a intenção de criar um governo mundial ateu e humanista.

Fonte(s) Listverse