quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Desastres que estão próximos de acontecer




O que seria um desastre para você? Muita gente encara isso de forma não muito séria, e desconsidera a possibilidade de que nós, seres humanos, sofremos algum tipo de ameaça. O fato é que a todo instante agimos da pior maneira possível, jogando lixo pelas ruas, desperdiçando água, ou praticando queimadas, e tudo isso apenas contribui para antecipar nosso fim, sem contar que ainda existem perigos iminentes que podem surgir do espaço.
Já a natureza há muito tempo vem nos mostrando sua força. Quantos tsunamis, tempestades, furacões, ou quaisquer outras coisas do tipo já aconteceram em nosso planeta? Sempre causam inúmeras destruições e deixam rastros de sangue. A verdade é que não estamos preparados para o que pode vir adiante, mas nossa ignorância não nos permite enxergar isso, o que nos traria enormes problemas, podendo até mesmo fazer com que a raça humana seja extinta.
Bom, pensando em tudo isso, separamos abaixo 7 desastres que podem acontecer dentro de pouco tempo e pode até ser que não dizimem a humanidade, mas podem chegar perto. Confere aí!

1 – Uma pandemia mundial


Quem é que não se lembra de todo o alvoroço que se criou em torno do surto de Ebola? Muita gente, inclusive os próprios cientistas e médicos, ficaram com medo da doença se espalhar por muitas regiões, o que certamente poderia causar a tal pandemia mundial. Muitas medidas foram tomadas para evitar o contágio de um grande número de pessoas, mas mesmo assim, foi inevitável a morte de muito africanos.
A questão é que quanto mais fazemos viagens ou entramos em contato com pessoas e animais de outras regiões, mais aumentamos os riscos para que isso aconteça, já que se você contrai algum tipo de vírus em um lugar, facilmente pode espalhá-lo para outro. A história humana é marcada por muitos casos parecidos, e um desastre poderia acontecer.

2 – Apocalipse por asteroides


Bom, se você duvida que isso possa realmente acontecer, basta perguntar aos dinossauros! Brincadeiras a parte, a questão é que já foram registrados casos que são realmente de dar medo. Certa vez na Rússia, no ano de 2013, uma grande explosão tomou os céus da cidade de Chelyabinsk. Tratava-se de um meteoro que adentrou a atmosfera terrestre da região, e por muito pouco não provocou um desastre. Foi o maior visto em 100 anos!
O mais famoso de todos eles foi aquele que caiu a mais de 65 milhões de anos atrás, em Yucatán no México, que abriu uma cratera de cerca de 177 quilômetros de diâmetro, atingindo também o Caribe e as Américas do Norte e do Sul, causando imensos tsunamis e tempestades de fogo, o que levou à destruição dos dinossauros. Por mais que muitos cientistas neguem que isso possa acontecer novamente, ainda corremos riscos.

3 – Erros em manipulação genética


Muito se fala no fim da humanidade por meio de uma ataque de bombas nucleares, porem, os riscos de acontecer um acidente genético que seja capaz de nos aniquilar, são praticamente os mesmos. Muitos autores renomados e mesmo alguns cientistas, temem que a ambição humana por novas descobertas genéticas seja muito maior do que realmente precisamos.
As possibilidades de alguém desenvolver uma tecnologia genética e não ser capaz de dominá-la existem, e poderia acontecer ainda, de ser uma grande inteligência artificial capaz de controlar a mente humana. Parece algum tipo de teoria da conspiração, mas os laboratórios podem ser tão perigosos quanto um arsenal de bombas, caso não tomem o cuidado necessário.

4 – Falta de fósforo


Não estamos falando daquele palitinho usado para acender fogo, mas sim do elemento químico que é essencial para nós. Exite uma teoria dizendo que o planeta é capaz de suportar um número X de habitantes, e que se o número fosse ultrapassado, isso representaria o fim.
Ainda no século 18, um economista chamado Thomas Malthus divulgou sua preocupação pelo fato de a população estar crescendo bem mais que o número de alimentos, o que poderia causar um grande problema de fome mundial. Logo no início do século 20, essas preocupações foram afastadas, mas mesmo assim, houveram crises alimentares.
Atualmente, uma das maiores preocupações é com o fósforo, que apresenta insuficiência. Ele que é responsável por nos proporcionar energia e é também essencial para a formação de nosso DNA, daqui 30 ou 40 anos pode ser bem menor que a demanda mundial.

6 – Substituição por máquinas


Não é novidade pra ninguém que a inteligência artificial existe e que cientistas trabalham incansavelmente para desenvolvê-la ainda mais. Sempre falam sobre as máquinas, de alguma forma, criarem vida e se voltarem contra os humanos, sendo capazes de nos destruir. Embora isso também não esteja tão fora de nossa realidade, o que está próximo pode ser algo catastrófico.
Com a evolução das máquinas e sua capacidade de executar serviços, podemos acabar sendo altamente substituídos, ocasionando em uma grande porcentagem de desempregos. Com a sociedade despreparada e sem condições para se sustentar, certamente poderia ocorrer uma enorme crise social e sem dúvidas, financeira.

7 – Terceira Guerra Mundial


Se já aconteceram duas guerras em tamanha proporção, por que não poderia haver a terceira? Claro que vivemos outros tempos, mas não podemos negar que passamos por muitas crises econômicas, sociais e climáticas, o que nos leva a uma grande instabilidade. Muito se cogita a ideia de que uma guerra aconteça pela água, visto que é um recurso finito e que muitos países já sofrem com sua falta.
Alguns especialistas, ao serem questionados pelo Fórum Econômico Mundial sobre qual seria o pior resultado possível para os próximos 10 anos, a resposta mais frequente foi a terceira guerra. Isso sem contar que muitos países possuem grande poder nuclear.

Fonte(s) Newsweek