terça-feira, 8 de agosto de 2017

Como será o mundo daqui 1000 anos?




Com o avanço da tecnologia, muita coisa mudou em poucos anos. Vocês se lembram como era entrar na internet há 20 anos atrás? Ou como era conseguir se comunicar com pessoas de outro país há 40 anos atrás? Bom, realmente as coisas estão cada vez mais tecnológicas, as pessoas estão cada vez mais usando o mundo virtual e as vezes algumas coisas parecem até estranhas.
Será qe daqui a mil anos estaremos usando carros voadores, inteligência artificial ou computadores quânticos? Bom, nós trouxemos uma série de mudanças que podem acontecer no mundo daqui mil anos, isso de acordo com uma série da National Geographic.

Será que teremos parte do nosso corpo que são máquinas?


Os seres humanos já estão implantando dispositivos em seus corpos para se tornarem mais conectados as tecnologias. Para vocês terem uma ideia, existe uma comunidade inteira de pessoas chamadas de hackers corporais. Elas possuem implantes que permitem fazer coisas como desbloquear portas com deslize de mão, tocar música, ouvir músicas sem fones de ouvido ou mesmo controlar pequenos objetos eletrônicos. Daqui a mil anos, com certeza essa tecnologia será muito mais avançada. Tomara que temos tecnologia tão avançada que será capaz de combater doenças com “nanobots” programados. Já pensou nisso?

Teremos genes humanos mais fortes


No momento, pesquisadores já estão aperfeiçoando uma técnica de edição de genes chamada CRIPR, que em breve poderia permitir a engenharia de humanos mais saudáveis e mais fortes. Podemos ser capazes de inserir genes para ossos mais forte, maio tolerância a dor e menor risco de câncer, isso se até lá já não tiverem arrumado uma maneira de combater o câncer.

Poderemos editar embriões


Cientistas já trabalham em formas de editar geneticamente um embrião, de modo que os pais vão poder selecionar determinados traços saudáveis e fisicamente atraentes, de modo que a raça humana pode se tornar geneticamente similar. Mas se todos nós fomos geneticamente semelhantes, apenas um pequeno defeito poderia destruir grande parte da raça humana, isso seria um grande problema.

Viveríamos em algum lugar além da Terra


Com certeza! Com o aquecimento global e mudanças climáticas, os suprimentos de alimentos pode ficar “apertados”, ainda mais com o crescimento da população mundial. Seria fundamental que o homem conseguisse viver em outro planeta. Grandes pensadores como Stephen Hawking, deixam claro que explorar o Universo e conseguir viver em outro planeta é uma prioridade nos dias de hoje.

Computadores super rápidos


Claro que a nossa tecnologia vai mudar. Eventualmente, veremos computadores que podem resolver problemas quase impossíveis de resolver, problemas tão complicados que os computadores de hoje levariam décadas para resolver. Ainda não sabemos como podemos chegar a tal tecnologia, mas os computadores quânticos podem ser uma resposta.

Fonte(s) Business Insider