quinta-feira, 10 de agosto de 2017

8 alimentos completamente proibidos ao redor do mundo




Você se considera uma pessoa fresca para comer? Ou come de tudo e está aberto a todo tipo de experiência? Bem, mesmo se você for um rei diante da mesa de jantar e estiver preparado para tudo, mesmo assim, você não poderá provar alguns desses alimentos. Isso vai depender de cada país e as leis alimentares que os regem. Mas se for mesmo corajoso, há brechas e nem todos os países proíbem o seu consumo. Você teria coragem?
Alguns são realmente bem intragáveis, outros são até venenosos e ainda há aqueles que vão  de encontro a sua própria consciência, porque os animais são cruelmente maltratados apenas para alimentar os nossos desejos.
Então aqui vai uma lista de 8 alimentos completamente banidos ao redor do mundo:

1 – Kinder Ovo


Vamos começar com um bem leve.
Se você não consegue viver sem o seu Kinder Ovo, é melhor não cogitar a ideia de viver nos Estados Unidos. Isso porque o FDA ou “Food and Drug Administration”, departamento que regula os alimentos e os remédios no país, não tolera o fato de um brinquedo não-comível vir dentro de um um chocolate comível.
Não chega a ser fatal esse chocolate, claro, mas se formos pensar bem, para uma criança esse doce pode ser bem perigoso, porque ele pode engasgar sem querer.

2 – Leite não pasteurizado


Mesmo sendo considerado mais saudável e até mais gostoso, o leite cru, ou seja, vindo direto da vaca e sem passar pelo processo de pasteurização, é proibido em pelo menos 22 estados dos Estados Unidos e também no Canadá.
A justificativa são doenças que podem estar presentes no leite como a Salmonela, Escherichia Coli, Listeoriose e outras causadas por bactérias e germes.
Isso não se aplica somente ao leite, mas a todo e qualquer tipo de produto não-pasteurizado.

3 – Absinto


Toulose Lautrec e outros boêmios franceses que viveram a plenitude da farra e do alcoolismo na França da década de 20 tiveram que rebolar para conseguir a bebida favorita daquela época, o absinto.
Isso porque a bebida foi banida do país há mais de 100 anos. Mesmo correndo o boato de que a bebida foi inventada justamente na França.
Além dos franceses, o absinto também é ilegal nos Estados Unidos, na Austrália e na Nova Zelândia, devido ao seu alto teor alcoólico e porque ele também pode causar alucinações.

4 – Samosas


Samosas são massas fritas em forma de triângulo, que podem ser recheadas de carne ou vegetais. É um prato comum no Chifre da África (região nordeste africana que abriga os países da Somália, Etiópia, Djibouti e a Eritréia) e também na Índia.
Mas na Somália, esse aperitivo foi terminantemente proibido. Isso porque para eles, o formato de triângulo faz o prato ser muito cristão, associando a forma do lanchinho com a Santíssima Trindade.
Na Somália, 98% da população é islâmica.

5 – Casu Marzu


Casu Marzu é um queijo tradicional da Sardenha, uma ilha do mar Mediterrâneo. Ele é preparado de uma maneira bastante peculiar: injetando larvas de moscas dentro do queijo Pecorino.
Casu Marzu quer dizer “queijo podre” e o seu consumo é um tanto quanto perigoso. Alguns sardenhos o consomem mesmo quando há larvas vivas dentro do queijo.
Esse produto é proibido nos Estados Unidos e em toda a Europa.

6 – Peixe Fugu


Fugu é o nome japonês para o nosso baiacu, ou peixe-balão. Mas no mundo todo ele é conhecido por ser extremamente venenoso.
Mesmo assim, a carne desse peixe é considerada uma iguaria na Coréia e no Japão, e os cozinheiros devem passam por um treinamento intenso de no mínimo 3 anos para poderem cozinhar apropriadamente o peixe.
Se não for devidamente tratado, a sua ingestão pode ser fatal: paralisando os músculos de quem o come e matando a pessoa for asfixia.
Portanto a sua venda e o seu consumo é proibido em todo a Europa.

7 – Foie Gras


Essa comida é considerada o manjar dos deuses na França. Basicamente, foie gras (a pronuncia é “fuá grá”) é gordura de fígado e pode ser feita tanta de pato, quanto de ganso, e o seu “preparo” é terrível para os animais.
As aves passam por um processo de engorda, onde um funil é inserido em suas gargantas para forçá-los a comer além do necessário.
Eles chegam a engordar até 2 quilos por dia e quando está 10 vezes maior que o seu tamanho, são mortos e os seus fígados são retirados.
Devido a alta crueldade com esses animais, essa iguaria foi proibida em mais de 14 países, incluindo Estados Unidos e recentemente, o Brasil.

8 – Ortolan


Esse passarinho lindo é considerada uma ave em extinção. Isso porque durante séculos foi considerada uma iguaria, sendo servida para os nobres na França. E o seu preparo é tão terrível quanto o do foie gras.
Depois da captura, o animal é enjaulado por meses no escuro, ou seus olhos são vendados, com a intenção de que  ele coma além do necessário.
Depois do processo da engorda, geralmente quando ele está quatro vezes maior que seu tamanho original, ele é embebido em brandy (vinho destilado) e depois frito para ser comido.
Mesmo o seu consumo sendo proibido e a sua caça sendo ilegal, o Ortolan ainda sofre nas mãos de traficantes, e mais de 50.000 mil pássaros dessa espécie são mortos todos os anos.

Em alguns casos a proibição não parece tão ilógica. Certo? Ou você teria coragem de comer o queijo ou o baiacu? Aliás, qual dessas comidas você não comeria de jeito nenhum?

Fonte(s) The Richest