sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Invenções acidentais que mudaram o mundo


omos rodeados de utensílios que fazem nossa vida ser mais fácil e que sem os quais provavelmente não saberíamos mais viver ou que então teríamos dificuldades em nos acostumar a não tê-los por perto.
A maioria das invenções foi intencional. Foram pensadas para fazer com que tarefas do dia a dia ficassem mais fáceis ou então para realizar coisas que antes o ser humano tinha dificuldade ou não conseguia fazer. Mas existem também aquelas invenções que ninguém pretendia inventar e de repente aconteceu. Nessa lista vamos ver algumas dessas invenções que mudaram nossa história e não foram intencionais.

1 - Chips

Uma de nossas guloseimas mais queridas foi inventada sem querer, em 1853. O chef George Crum trabalhava em um restaurante em Nova York e um cliente sempre reclamava das batatas fritas do chef dizendo que estavam encharcadas. Ele já estava cansado das reclamações e tentando ensinar uma lição ao cliente, foi então que ele cortou as fatias de batata ainda mais finas, as fritou e depois passou no sal. E para a surpresa de Crum o cliente ficou mega satisfeito.

2 - Coca Cola

Essa invenção foi de John Pemberton um veterano de guerra que virou farmacêutico. A intenção dele era inventar um medicamento, exatamente por isso é que a coca original tinha cocaína em sua fórmula original.

3 - Picolé

Grandes invenções podem sair de pequenas cabeças, como é o caso do picolé. Em 1905, o menino de 11 anos, Frank Epperson, queria juntar um dinheiro economizando e não comprando refrigerante. Ele quis fazer o seu próprio e para isso usou pó e água. Ele deixou a sua mistura na varanda, e durante à noite a temperatura abaixou drasticamente e quando ele foi pegá-las pela manhã, elas estavam congeladas e com o palito no meio.

4 - Casquinha de sorvete

Antigamente o sorvete era servido em pratos, mas na Feira Munidal de 1904 tudo mudou. A barraquinha que vendia sorvetes estava ficando sem nenhum prato para colocá-lo, e a barraca vizinha, que era de waffles persa, não estava vendendo nada. Os donos das barracas tiveram a ideia de enrolar os waffles e colocar o sorvete em cima deles. Pronto, a casquinha tinha acabado de surgir.

5 - Teflon

Se você ama cozinhar um ovo, fazer algo na frigideira e a comida sair perfeita e sem grudar, você só tem que agradecer à uma pessoa: Roy Plunkett. No começo do século XX, ele trabalhava na DuPont, uma empresa química, e sem querer deu de cara com alguns produtos químicos não reativos e não aderentes enquanto fazia uns experimentos com refrigerante. Dali saiu o teflon como conhecemos hoje.

6 - Plástico

Em 1900, a goma-laca era o material que as pessoas usavam quando queriam isolar alguma coisa. Mas ele era feito de besouros do sudeste asiático e era bem caro para a importação. Então Leo Hendrik Baekeland, um químico, resolveu criar uma alternativa mais barata para ser utilizada. Sua invenção foi um material que podia ser moldado e que era resistente a altas temperaturas sem sofrer alterações. Assim surgiu o plástico.

7 - Marcapasso

Wilson Greatbatch era um engenheiro que estava trabalhando em um sistema que seria capaz de gravar os batimentos cardíacos. No processo de fazê-lo, ele inseriu a resistência errada. Isso fez com que ao invés de gravar, a engenhoca pudesse imitar perfeitamente as batidas do coração humano.

8 - Post-its

Um químico em 1968, Spencer Silver encontrou um adesivo de baixa aderência que servia para fixar um papel em alguma superfície, mas que não o rasgava quando o papel era retirado. Várias tentativas aconteceram para ele pensar em algum uso comercial para a sua descoberta. Até que um dia seu colega, Art Fry, notou que seria perfeito usá-lo como um marcador que não deslizasse. Aí o post-it nasceu.

9 - Microondas

Você que vive de comida congelada, tem um 'obrigado' pendente com Percy Spencer. Ele era um especialista em radar da marinha, e quando estava trabalhando com as microondas sentiu a barra de chocolate que tinha no bolso derreter. Isso aconteceu em 1945 e desde então os preguiçosos na cozinha tem muito o que agradecer.

10 - Vidro de segurança

Édouard Bénédictus, um químico francês, um belo dia derrubou um vaso de cima da mesa e viu que ao cair no chão ele não se estilhaçou, apenas craquelou. Analisando mais de perto, ele percebeu que o vaso tinha sido revestido de nitrato de celulose plástico que foi o que o impediu de quebrar. Daí surgiu o vidro de segurança.


Próximo Artigo Next Post
Artigo Anterior Previous Post

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO PORTAL VÍDEO