sábado, 28 de janeiro de 2017

7 fatos vergonhosos sobre a história do Brasil


Brasil. Descoberto em 1500 por Pedro Álvares Cabral, Colônia, Império, Independência ou Morte, ouviram do Ipiranga, Getúlio Vargas, Lula, Dilma. Todo mundo conhece a história do Brasil, mesmo que por alto. País abençoado por Deus, e bonito por natureza; seria mesmo uma beleza, se não houvessem fatos vergonhosos na nossa trajetória.
Sabemos que a história não é escrita apenas por eventos gloriosos e com vitórias. Alguns acontecimentos foram realizados em nome de governos, impérios ou estados, e deixaram nosso passado com manchas irreversíveis de vergonha.
Confira abaixo sete fatos que envergonham a nossa História:

1 – Torturas e Assassinatos na Ditadura

11-filmes-para-entender-a-ditadura-militar-no-brasil.html
Com o Regime Militar no Brasil, de 1964 a 1985, ocorreram muitos crimes em centros clandestinos de tortura e assassinato. Pessoas contrárias à ditadura tinham seus direitos caçados. Muitos desapareceram para sempre e seus corpos nunca foram encontrados. Alguns casos ainda seguem sem solução. Dezenas de ex-militares ainda são julgados pelos crimes.

2 – Genocídio de tribos indígenas

13634
Assim como muitos outro países da América Latina, O Brasil também tem em sua história episódios de extermínio dos indígenas, nativos que habitavam o território antes da chegada dos portugueses. Tribos inteiras foram dizimadas. No Brasil, em 1500, estima-se que havia milhões de indígenas, mas hoje existem apenas 800 mil.

3 – Massacre no Complexo do Alemão

alemao
Em 1994 e 1995, duas operações da polícia na favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, resultaram na morte de 26 pessoas. Ninguém nunca foi preso pelos crimes, e os casos permanecem arquivados.

4 – Chacina da Candelária

20130710-202407
Em 1993, oito crianças e adolescentes moradores de rua foram assassinados enquanto dormiam. A chacina ocorreu durante uma operação policial nas escadarias da Igreja da Candelária, no Rio de Janeiro. Mais de 20 anos após o crime, quatro policiais foram presos, mas cumpriram só parte da pena.

5 – Massacre do Carandiru

Carandiru_Mônica-Zaratini_0_1
Em 1992, o Massacre do Carandiru, uma Casa de Detenção de São Paulo, resultou na morte de 111 presos. O recinto tinha mais de 7 mil detentos, mesmo sua capacidade oficial sendo de 3.500. Depois de uma briga entre facções rivais do presídio, a força policial interveio e resultou nas mortes. O crime que ganhou repercussão mundial.

6 – Escravidão

Escravid_o
Foram 400 anos de escravidão no Brasil, marco da história brasileira. Quase 4 milhões de africanos foram trazidos para o Brasil, para executar trabalhos forçados nas plantações do País. Os escravos eram tratados como objetos dos seus “donos”: podiam ser vendidos, açoitados, torturados e assassinados. O Brasil foi o último país a abolir a escravidão no Ocidente, em 1888, depois que a Lei Áurea foi assinada pela princesa Isabel.

7 – Guerra do Paraguai

paraguai
A Guerra do Paraguai gera muitas discórdias entre historiadores. Uma aliança entre Império Brasileiro, Uruguai e Argentina usou força militar intensa para atacar o Paraguai. A vitória das forças Brasileiras e aliadas era certa, mas a guerra durou cinco anos. O conflito causou sérios danos ao Paraguai, que jamais se recuperou totalmente das perdas sofridas. Foi a maior guerra da América Latina.

Fonte: Ultra Curioso